Notícias

Marilda Iamamoto recebe prêmio internacional da AIETS

02/02/2018

Professora será condecorada pelo reconhecimento de sua carreira acadêmica e o seu compromisso com o Serviço Social, durante a Conferência Mundial de Serviço Social, em julho, em Dublin, na Irlanda  


A professora Marilda Iamamoto, da Faculdade de Serviço Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), receberá um importante prêmio internacional da Associação Internacional de Escolas de Serviço Social (AIETS), o “Katherine A. Kendall”.

Marilda será condecorada pelo reconhecimento de sua carreira acadêmica e o seu compromisso com o Serviço Social. Além do seu envolvimento em atividades educativas para promover a igualdade e a justiça social em todas as sociedades e a pesquisa e a produção de literatura profissional de interesse e valor para professores de Serviço Social. Iamamoto foi indicada pela Associação Latino-Americana de Ensino e Pesquisa em Serviço Social (Alaeits).

O prêmio será entregue na Conferência Mundial de Serviço Social, que acontecerá de 4 a 7 de julho, na cidade de Dublin, na Irlanda.

Mérito do Serivço Social brasileiro
Graduada em Serviço Social, pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), e doutora em Ciências Sociais, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), Marilda Iamamoto destacou que o "mérito deste prêmio é do Serviço Social brasileiro e latino-americano".

A coordenadora de Relações Internacionais da ABEPSS e professora da Universidade Federal de Ouro Preto, Virgínia Alves Carrara, comemorou a premiação. "Considero que a região latinoamericana e do Caribe são as grandes beneficiadas com esta oportunidade de dar visibilidade à nossa formação e atuação profissional em defesa da justiça social, da democracia e dos direitos humanos em tempos difíceis para o pensamento progressista e crítico", apontou.

Katherine A. Kendall
O prêmio "Katherine A. Kendall" foi criado em 1992 para homenagear a presidente honorária da AIETS, a doutora Katherine A. Kendall. Ela serviu como secretária voluntária de 1954 a 1971 e secretária geral da associação de 1971 a 1978. Kendall permaneceu como membro ativo do conselho após a sua aposentadoria e estava ativa na AIETS há mais de cinco décadas. Clique aqui e saiba mais - http://www.socwork.net/sws/article/view/109/398.

Ela desempenhou um papel importante na promoção da excelência na educação para o Serviço Social e na expansão do Serviço Social em nível internacional. E forneceu uma liderança forte na formação de organizações regionais dentro da AIETS.

O prêmio possui o objetivo de reconhecer as contribuições significativas para o desenvolvimento da educação para o Serviço Social em nível internacional.

A escolha da/o homenageada/o é realizada por meio de uma análise do comitê do prêmio, composto por vice-presidentes de regionais e um presidente do comitê, nomeado pelo presidente da AIETS.

Após as análises dos candidatas/os, o comitê faz as recomendações ao conselho de administração da entidade, que toma a decisão final.

Critérios para o Prêmio Katherine A. Kendall:

O prêmio foi estabelecido para reconhecer contribuições internacionais ilustres para a educação no Serviço Social. O candidato deve, portanto, preencher os seguintes critérios possíveis:
 
Os membros do Comitê do Prêmio Memorial da Katherine A. Kendall são os seguintes:
 

Voltar